Hackathon estimula competição entre projetos para desenvolver o planeta

Uma competição de projetos voltados para o desenvolvimento do planeta irá ao ar em formato de reality show a partir de dezembro, com apoio do Grupo Liberal. Denominada Hackathon Start, a ação é organizada pelo InverGroup, conglomerado de empresas de infraestrutura, tecnologia e investimentos com sede em Americana.

Os participantes concorrem a um prêmio de R$ 10 mil. Podem se inscrever apenas estudantes com mais de 16 anos matriculados em instituições de ensino médio, técnico ou superior.

De acordo com o regulamento, as inscrições, que podem ser feitas pelo site hackathonstart.com, se estendem até o próximo dia 30. No entanto, a organização avalia ampliar esse prazo. Depois, os inscritos precisarão encarar um desafio, que será desenvolver soluções para questões ligadas a uma dessas cinco categorias: água, energia, educação, mobilidade e gestão. Eles deverão trabalhar em grupos de três a cinco pessoas.

“O desafio nosso, no hackathon, é: como deixar o planeta mais ‘smart’, mais inteligente”, disse o organizador Eryvelton Baldin, gestor de educação e projetos especiais do InverGroup.

O projeto deverá ser apresentado por meio de slides, áudio ou vídeo, com duração de até dois minutos. “Essa ideia pode ser um protótipo de um produto físico, um objeto, um aplicativo, um software… O que quiserem”, afirmou.

O comitê organizador vai selecionar 25 projetos, sendo cinco para cada categoria, e as equipes autoras são aquelas que participarão do Hackathon Start, cuja programação envolve palestras, dinâmicas, mentoria e oficinas.

A maior parte do evento ocorrerá de forma on-line. Haverá transmissão ao vivo pelo YouTube. Sessões gravadas serão veiculadas na TV. O encerramento deve acontecer em fevereiro, em cerimônia presencial na cidade de Campinas.

PRÊMIOS
Os projetos poderão ser ajustados pelos competidores ao longo da programação, com a ajuda dos mentores. No final, o júri vai eleger a equipe vencedora, que receberá um total de R$ 10 mil, valor a ser dividido de forma igualitária entre os integrantes. As cinco equipes finalistas – uma de cada categoria – também terão direito a um ano de incubação na empresa StartInver, onde receberão assistência técnica para a viabilização dos projetos desenvolvidos.

“A ideia é que nós tenhamos essa competição e que algumas dessas ideias nós possamos trazer, realmente, para o mundo corporativo”, declarou Henrique Costa, conselheiro do InverGroup e CEO da Accell, uma das empresas do grupo.

Ele está entre os mentores do Hackathon Start, ao lado de personalidades como Márcio Fernandes, ex-CEO da Elektro, e Daniel Parke, ex-executivo da Bloomberg.

Entenda a iniciativa:

O que é o Hackathon Start?
É uma competição de ideias voltadas a melhoria e ao desenvolvimento da comunidade.

Quem pode participar?
Estudantes com 16 anos ou mais que estão no ensino médio, técnico ou superior.

Que tipo de projetos posso inscrever?
As ideias podem ser diversas, como a criação de um app ou algum produto, mas devem ter relação com cinco temas: água, energia, educação, mobilidade e gestão.

Como e até quando me inscrevo?
Pelo site hackathonstart.com, até 30 de outubro.

 

fonte: https://liberal.com.br/cidades/americana/hackathon-estimula-competicao-entre-projetos-para-desenvolver-o-planeta-1634760/

© 2021  All rights reserved. Design by B2S Marketing